Cooperativa dos Agricultores Familiares e Extrativistas do Vale do Peruaçu (COOPERUAÇU)


Januária (MG)


Divulgação / Cooperuaçu



SOBRE A COMUNIDADE


A Cooperativa dos Agricultores Familiares e Agroextrativistas do Vale do Peruaçu (Cooperuaçu) foi fundada no ano de 2016 com objetivo de melhorar as condições de vida das comunidades da região e conta com aproximadamente 60 agroextrativistas, mulheres em sua maioria. A Cooperuaçu é um empreendimento comunitário que tem como missão incrementar a renda das comunidades rurais e proteger o Cerrado das ameaças constantes.


A Cooperuaçu é formada por comunidades do Vale do Peruaçu que se articulam para coletar os frutos, sejam coletivamente ou individualmente. Os cooperados trabalham com a produção sustentável e o beneficiamento dos frutos do Cerrado, como o pequi, o coquinho azedo, o araticum e o jatobá. São também os próprios cooperados os responsáveis pela colheita e pelo beneficiamento dos frutos.


Toda a produção da Cooperuaçu é realizada garantindo a preservação das espécies e sem gerar resíduos ou material não aproveitado. O agroextrativismo verificado no Vale do Peruaçu ajuda a poupar as veredas que, mesmo sendo áreas de preservação, historicamente sofreram graves impactos ambientais. Unidos, os cooperados preservam as nascentes da região e o Rio Peruaçu.


Prezando pelo extrativismo feito de forma sustentável, a Cooperuaçu produz polpas de frutas congeladas, polpa de pequi em conserva, creme de pequi, óleo de pequi, molho de pequi com pimenta e sem pimenta, farofa de pequi, castanha de pequi, farinha de jatobá, farinha de mandioca, geleia e compota de umbu, geleia de cagaita e doce de araticum.



Saiba mais sobre os ingredientes utilizados pela comunidade: Cagaita, Jatobá, Pequi e Umbu.

Confira receitas com os frutos