Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Adquira os produtos ecossociais através da Loja Virtual da Central do Cerrado

Conheça a loja virtual da Central do Cerrado e adquira os produtos ecossociais com praticidade e segurança.

Através da loja voce pode visualizar os produtos disponíveis e fazer o orçamento de sua compra com a opção de frete via sedex ou PAC.

O pagamento pode ser realizado diretamente no site por meio de cartão de débito (VISA e Master), transferência bancária ou boleto bancário.

Adquirindo os produtos da Central do Cerrado você contribui com a conservação do Cerrado e de seus povos, valorizando os meios de vida sustentáveis e a cultura local de diversas comunidades agroextrativistas.

Produtos Ecossociais - Qualidade de vida para todo o mundo.

A Central do Cerrado

central_do_cerrado

É uma iniciativa sem fins lucrativos estabelecida com 35 organizações comunitárias que desenvolvem atividades produtivas a partir do uso sustentável da biodiversidade do Cerrado.

Funciona como uma ponte entre produtores comunitários e consumidores, oferecendo produtos de qualidade como: pequi, baru, farinha de jatobá, farinha de babaçu, buriti, mel, polpas de frutas, artesanatos, dentre outros, que são coletados e processados por agricultores familiares e comunidades tradicionais no Cerrado.

(Saiba mais…)

18.09.14

Central do Cerrado na Feira do Cerrado no Centro Cultural do Banco do Brasil de Brasília até dia 21 de setembro

Feira do Cerrado, no Centro Cultural do Banco do Brasil, trará grande diversidade de produtos extrativistas de comunidades do Cerrado para Brasília
A feira apresentará para o público os produtos da sociobiodiversidade de espécies nativas do bioma e diversas possibilidades de o uso tradicional associado que contribuem para geração de renda, conservação do Cerrado, valorização dos meios de vida sustentáveis e da cultura local de diversas comunidades agroextrativistas.
São 4 tendas com artesanatos, cosméticos e produtos alimentares nativos de comunidades tradicionais, quilombolas, indígenas e de agricultores agroextrativistas do Cerrado.
Na Feira será possível encontrar produtos como castanha de baru, conservas, farinha e óleo de pequi, geleias, licores, doces, farinha de jatobá, farinha e azeite de babaçu, produtos derivados do buriti, macaúba entre outros alimentos de espécies nativas de excelência gastronômica.
De artesanato o destaque será para os produtos de Capim Dourado feitos no Jalapão/TO, os bordados e cerâmicas do Vale Jequinhonha/MG, as cestarias de buriti e bordados do Vale do Urucuia/MG.
Na tenda gastronômica serão comercializados sanduiches naturais, salgados integrais, tapiocas, bolos, doces e sorvetes e sucos de frutos do Cerrado e diversos outros quitutes feitos a partir dos produtos do Cerrado.
Esta ação é uma realização da Rede Cerrado e da Central do Cerrado, com o apoio do Centro Cultural Banco do Brasil, Habitat Socioambiental, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), GEF – Cerrado e Banco Mundial
Serviço:
Data: De 11 a 21 de setembro de 2014

Horário de funcionamento: dias de semana de 12h-21h e finais de semana de 9h-21h; terça-feira não é aberto ao público
Local: Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília-DF

04.09.14

I Festival Gastronômico Cerrado Week (15 á 21/09/2014)

Na comemoração  do mês que festejamos o Rico Bioma Cerrado, a Central Do Cerrado em parceria com  a Rede Cerrado Sociobiodiversidade  e Slow Food Cerrado.Realizará nos dias de 15 a 21 de setembro o
I Festival Gastronômico Cerrado Week, que acontecerá em diversos estabelecimentos da capital e de outras cidades que englobam o Cerrado brasileiro.Já são mais de 20 restaurantes filiados ao festival.
Um grande evento que apoia á utilização de forma consciente e solidária os produtos da sociobiodiversidade do Cerrado. Que tal saborearmos uma semana inteira de delicias nativas?
Contaremos com a presença dos chefs Rita Medeiros, Emerson Mantovani, Agenor Maia, Paulo Machado! Acompanhem as novidades na página do Slow Food Cerrado! #saboreandomeucerrado
O evento conta com o apoio institucional do Centro Universitário IESB, da Decanter Brasília, do Olivae Restaurante e da Prazeres da MESA!

Designer: Alysson Antonio Chaves

12.08.14

Central do Cerrado no Congresso da ABRASEL

.

A Central do Cerrado participa como apoiadora do 26 Congresso da ABRASEL.

Visite nosso estande no MESA BRASIL para conhecer os produtos sustentáveis do Cerrado produzidos por diversas comunidades agroextrativistas.

No no dia 14/08 das 11:30 as 12:30 Luis Carrazza, Secretário Executivo da Central do Cerrado apresentará a palestra: Ecogastronomia com Produtos do Cerrado juntamente com chf de cozinha Agenor Maia do Restaurante Olivae de Brasília e Jean Marconi, lider do convivium Slow Food Cerrrado.

Veja a programação completa e saiba mais sobre o evento no site do evento. http://www.congressoabrasel.com.br

14.05.14

VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado (05 a 08/06/2014)

Esta oitava edição acontece após série de cinco eventos regionais realizados ao longo de 2013 e pretende consolidar as propostas que vão compor o documento final que deverá subsidiar a construção de políticas públicas para a defesa do Cerrado e de seus povos, nos próximos anos, com vistas a um modelo de desenvolvimento sustentável.

Os principais temas abordados pelas lideranças presentes nas etapas realizadas neste último ano estão diretamente associados aos seguintes eixos: direitos territoriais e conflitos socioambientais; áreas protegidas; produção agroextrativista; água e cultura. As temáticas trataram dos desafios e perspectivas das Unidades de Conservação, Terras Indígenas e Territórios Quilombolas. Mais de 700 representantes de comunidades tradicionais, agricultores familiares, povos indígenas, quilombolas, geraizeiros, vazanteiros, quebradeiras de coco e instituições de apoio e pesquisa participaram dos encontros regionais.

A meta do VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado é também lançar uma aliança dos povos, composta por organizações da sociedade civil e de base comunitária de todo o Brasil, para discutir e propor estratégias acerca de pautas e lutas convergentes. A principal bandeira de unificação de forças será a segurança territorial, em que a ideia é fortalecer o movimento em prol da regularização fundiária e exercer o papel de acompanhar e monitorar os avanços políticos no que diz respeito aos territórios.

O evento tem patrocínio da Fundação Banco do Brasil, Petrobras e Funarte e apoio do MMA, MDA, MDS, CONAB, FUNAI, ICMBio, MPF, Petrobras, Fundação Banco do Brasil, Funarte, EMATER-DF, Memorial dos Povos Indígenas, ISPN, Central do Cerrado, WWF-Brasil, Fundação Palmares, GDF, Anvisa, SlowFood, INCRA, IBRAM, IBAMA, SENAES e CESE.

De 05 a 08 de junho de 2014, a Rede Cerrado realizará no Complexo Cultural Funarte, em Brasília-DF o VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, que deve reunir cerca de 700 representantes de comunidades tradicionais, indígenas, quilombolas, geraizeiros, vazanteiros, quebradeiras de coco, agricultores familiares.

A ação dará sequência à tradição de encontros iniciada em 2001, que já aconteceram em Goiânia-GO, Montes Claros -MG e Brasília-DF, consolidando-se como um espaço para: troca de experiências que resultem na conservação do Cerrado e na promoção de meios de vida sustentáveis; valorização das tradições culturais dos Povos do Cerrado; discussão e formulação de posições políticas conjuntas; e divulgação pública dos problemas socioambientais que afetam o bioma, como também das alternativas existentes para o uso sustentável de sua biodiversidade.

O objetivo é aproveitar a semana que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, para chamar a atenção das autoridades para os principais problemas relativos ao direito à terra, áreas protegidas e produção agroextrativista. Para isso, o evento conta com uma rica programação de debates, mesas redondas, seminários, incluindo as atrações culturais, a feira dos produtos da sociobiodiversidade e a praça gastronômica.

Além de lideranças vindas de várias regiões onde há Cerrado brasileiro (DF, Goiás, Tocantins, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso, Piauí, São Paulo e Bahia), o Encontro terá a participação especialistas e gestores públicos, bem como de representantes de organizações da sociedade civil, da academia e institutos de pesquisa. O governo federal será representado por diversos órgãos e ministérios.  A intenção é encerrar o evento com diretrizes de uma agenda consistente que garanta o fortalecimento da conservação e uso sustentável do Cerrado.

A Central do Cerrado já confirma sua presença!

Quando? 05 a 08 de junho de 2014

Aonde? Complexo Cultural Funarte – Eixo Monumental-  Brasília- DF

Confira o vídeo sobre o evento!

O Encontro e feira do povos do Cerrado

Próxima Página »

casa_central
Central do Cerrado – Produtos Ecossociais. Visitas: Entrar

(61) 3327-8489

centraldocerrado@centraldocerrado.org.br