Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

14.09.16

Comunidades do Jalapão festejam colheita do capim dourado

por

Capim Dourado

Começa sexta-feira (16/9) a 8ª Festa da Colheita do Capim Dourado, na comunidade quilombola de Mumbuca, localizada no município de Mateiros/TO, região do Jalapão. É a festa mais tradicional da região, que marca a época da colheita do capim dourado (Syngonanthus nintens), matéria prima utilizada na confecção de um dos artesanatos mais apreciados no país e principal fonte de renda das comunidades residentes no interior do Parque Estadual do Jalapão.

Serão três dias (até domingo) de festa, com exposição de artesanato, degustação de pratos típicos, rodadas de conversa, roteiros de turismo de base comunitária, shows regionais, entre outras diversas atividades. A festa é promovida pela Associação dos Artesãos do Povoado Mumbuca e parceiros. A colheita do capim dourado começa na próxima terça (20/9) e permanece até 30/11 – ela é regulamentada por lei, que permite a saída do material da região apenas como peças já produzidas pela comunidade local. É a colheita que irá garantir a produção do artesanato ao longo do ano.

Três grupos de artesãos da região – a Associação do Prata (de São Felix do Tocantins/TO), a Associação Comunitária de Pequenos Produtores e a Associação Capim Dourado de Mumbuca (de Mateiros/TO) – são associadas à Cooperativa Central do Cerrado.

Em Mumbuca, com o Projeto Certificação do Artesanato, apoiado pelo Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS) do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), a Associação conseguiu avançar nos critérios de qualidade e de origem (atestados) dos produtos do capim dourado, por meio do fortalecimento das técnicas produtivas dos artesãos e artesãs da comunidade, visando à sua melhor inserção no mercado.

capim dourado

PROGRAMAÇÃO

16/9 – Sexta

6h – Chegada, recepção e credenciamento na Comunidade Mumbuca
8h – Café da Manhã
9h – Roteiro de turismo de base comunitária (demonstração em campo da colheita do capim dourado)
12h – Almoço
14h30 – Roda de Conversa – Tema: Turismo no Jalapão – Ganhos e Perdas – Palestra com Décio Coutinho (Sebrae/GO)
16h30 – Roteiro de turismo de base comunitária
18h – Jantar
19h – Noite de abertura com apresentações artísticas:
– Culto Ecumênico
– Homenagem à Dona Miúda
– Apresentação indígena Xakriabá
– Apresentação do Coral do Mumbuca
– Desfile das artesãs
– Dupla Amon e Maurício – viola de Buriti

17/9 – Sábado

7h – Café da Manhã
8h – Cavalgada das Mulheres Douradas
9h – Roteiro de turismo de base comunitária (demonstração em campo da colheita do capim dourado)
11h – Apresentação Xakriabá
12h – Almoço
14h – Roda de Conversa – Tema: Direito das Comunidades Tradicionais na unidade de conservação e o manejo do capim dourado (Naturatins)
16h30 – Roteiro de turismo de base comunitária
19h – Noite Cultural:
– Abertura: show com Amon e Maurício
– Desfile das artesãs – Garota Capim Dourado e Princesa Jalapão Tocantins
– Teatro – Encenando a Tradição
– Show com Amon e Maurício

18/9 – Domingo

8h – Café da Manhã
9h – Roteiro de turismo de base comunitária (demonstração em campo da colheita do capim dourado)
12h – Almoço
14h – Encerramento


[+] O artesanato com Capim Dourado das Associações da região pode ser comprado:

  • por encomenda nas lojas da Central do Cerrado em Brasília/DF (Sobradinho) e São Paulo/SP (Mercado Municipal de Pinheiros), através do e-mail ou do telefone (61) 3327.8489.
  • na loja virtual da Central do Cerrado: http://centraldocerrado.lojavirtualfc.com.br/

[+] Veja algumas imagens do Parque Nacional do Jalapão – https://goo.gl/o3YrhK


Loja Virtual

loja_central
Coquetéis e Lanches
casa_central
Central do Cerrado – Produtos Ecossociais. Visitas: Entrar

(61) 3327-8489

centraldocerrado@centraldocerrado.org.br