Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

02.04.08

Baru – Dpyteryx alata Vog.

por

Nomes populares: Castanha de baru, cumbaru, cumaru, castanha de burro, viagra do cerrado, coco barata, coco feijão. Nome científico: Dipteryx alata Vog

Ocorrência

Ocorrre nas matas e cerrados do Brasil Central, envolvendo terras dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Bahia, Piauí, Maranhão e Distrito Federal.

Aspectos botânicos e ecológicos

barueiro

Leguminosa arbórea da família Fabaceae.

Árvore de grande porte chegando a medir 25 metros de altura, podendo atingir 70 cm de diâmetro com vida útil em torno de 60 anos.

O baru está ameaçado de extinção em função da procura pela madeira e pelo nível de desmatamento do Cerrado.

Ocorre corte indiscriminado do baru para fabricação de carvão vegetal, instalação de cercas (moirões), indústria moveleira, construção civil, entre outros usos.

O baru é encontrado em terras férteis e seus ecossistemas de ocorrência têm sido massivamente desmatado em função do avanço da fronteira agropecuária sobre o Cerrado.

Agroextrativista coletando baru

Crescimento rápido sendo importante para fixação de carbono da atmosfera.

Tem sua primeira frutificação com cerca de 6 anos, sendo este período bastante variado em função das condições de solo e água.

Possui safra intermitente com variações bruscas de intensidade de produção de frutos de um ano para o outro. Para efeitos práticos, relacionado a utilização comercial, produz uma safra boa a cada 2 anos.

Uma árvore adulta produz cerca de 150 kg de fruto por safra boa. Possui apenas uma semente por fruto, do qual pode se aproveitar a polpa, endocarpo e semente (amêndoa).

O tamanho do fruto varia muito de região por região, bem como em função das condições de solo, água e genética da planta. Em média o fruto pesa 25g, sendo 30% polpa, 65% endocarpo lenhoso e 5% semente.

Despolpa do Baru

A polpa do baru constitui importante fonte de alimento para a fauna nativa (pequenos mamíferos, roedores, pássaros, morcego, etc) e para o gado que se alimentam roendo a polpa da fruta na época da safra.

A época da floração e frutificação varia de acordo com a região, sendo que a colheita geralmente é feita após o pico de queda dos frutos maduros.

Calendário de Frutificação

calendario_frutificacao

Galeria de Imagens do Baru

Flor do BaruFrutos do BaruJóias confeccionadas com o Baru

castanha de Baru do CenescBaru quebrado com amêndoa

Aplicações do baru

  • Alimentação humana
  • Alimentação animal
  • Medicina
  • Indústria cosmética
  • Artesanato
  • Combustível
  • Indústria madereira/moveleira
  • Construção civil/rural
  • Adubação natural (leguminosa)
  • Moirão vivo

Produtos e subprodutos do baru e respectivos uso
Parte do fruto Produto/sub-produto Usos
Polpa Polpa in natura Alimentação animal
Alimentação humana
Medicinal/farmacêutico
Polpa desidratada Alimentação animal
Alimentação humana
Medicinal/farmacêutico
Farinha Alimentação humana
Álcool/Cachaça Consumo humano
Medicinal/farmacêutico
Cosmético
Industrial
Resíduos Agrícola (adubo orgânico)
Amêndoa Amêndoa crua Alimentação animal
Alimentação humana
Medicinal/farmacêutico
Agrícola (produção mudas)
Amêndoa torrada

Alimentação humana

Farinha Alimentação humana
Leite Alimentação humana
Óleo Alimentação humana
Medicinal/farmacêutico
Cosmético
Industrial
Torta

Alimentação humana
Medicinal/farmacêutico
Cosmético
Industrial
Pasta/manteiga Alimentação humana
Endocarpo lenhoso Carvão Combustível
Ácido Pirolenhoso e alcatrão Industrial
Endocarpo lenhoso Artesanato

Qualidade nutricional da amêndoa

Informações Nutricionais
Componente g /100g
Proteína 23,9
Gorduras totais 38,2
Gorduras saturadas 7,18
Gorduras insaturadas 31,02
Fibras totais 13,4
Carboidratos 15,8

Tabela de Minerais
Minerais mg/100g
Cálcio 140
Potássio 827
Fósforo 358
Magnésio 178
Cobre 1,45
Ferro 4,24
Manganês 4,9
Zinco 4,1

Calorias 502 kcal/100g

Fonte:
Takemoto, E. et al. Composição química da semente e do óleo de baru (Dipteryx alata Vog.) nativo do Município de Pirenópolis, Estado de Goiás. Rev. Inst. Adolfo Lutz, 60(2):113-117, 2001.


36 Comentários Adicione seu comentário

  • 1. Miriam-Ms  |  08.04.08 às 11:56

    Excelente as informações sobre o Baru, gostei muito, como me deu outras orientações.
    Miriam-Ms

  • 2. Michel Becheleni  |  09.04.08 às 14:24

    “… no inverno dá Baru… no verão dá Pequi…”

  • 3. BONIVALDO PEDRO SILVA  |  30.04.08 às 14:55

    Sou especialista em educação ambiental e estou desenvolvendo um trabalho sobre baru, buriti e jatobá. Gostaria de receber informações, boletins, desta conceituada entidade.

  • 4. Helder Evangelista Freire  |  27.05.08 às 19:45

    sou extensionista da emater/pintopolis e a riqueza da região é o cerrado, gostaria de receber mais informações sobre opções de extrativismo consciente, pois estamos(associação pa nova nazaré) para inaugurar uma fabrica de doces e poupa de frutas do cerrado e precisamos de ajuda para que o projeto dê certo, obrigado, helder/emater/Pintópolis-MG.
    *capacitação
    *mercado
    *produção
    *

  • 5. Hiliara de Oliveira Nascimento  |  18.06.08 às 11:00

    Sou estudante de Engenharia de Produção Agroindustrial e estou desenvolvendo um projeto da discipla Projeto do Produto, necessito de informações sobre fornecedores de polpas de baru. Caso exista essa informação, ficarei imensamente em receber a relação de fornecedores.

  • 6. ULISSES CARVALHO RODRIGUES  |  18.06.08 às 21:15

    Gostaria de informações sobre o mercado para a castanha do Baru. Onde comercializr? Qual o preço de mercado da castanha? O mercado é promissor?

  • 7. Salete Luzia Spagnol  |  15.07.08 às 15:01

    Boa tarde! Gostaria de adquirir castanha de baru para consumo particular, porém não sei onde encontrar in natura. Podem me informar? Agradeço e aguardo.
    Salete.
    CHAPECÓ – SANTA CATARINA

  • 8. edimar martins vieira  |  17.07.08 às 14:50

    Estou interessado em desenvolver uma plantaçao do baru, gostaria de obter informaçoes sobre manejo, cultivo, merdado, tempo pra começar a produzir, etc. Podem me informar? Agradeço e aguardo.

  • 9. Karla Nayara  |  01.08.08 às 10:55

    Muito importante e esclarecedoras as informações apresentadas sobre o Baru!
    Sou biológa e estou desenvolvendo um projeto sobre o Baru,para isso gostaria de saber as principais ocorrencias do Baru e suas diferentes populações principalmente no estado de Minas Gerais…especificamente no norte de minas!
    Aguardo informações…
    Grata!

  • 10. Fabio Junior da Silva  |  04.08.08 às 13:19

    Ola, sou Biologo e gostaria de saber um pouco mais sobre o Baru, estou desenvolvendo um artigo sobre este fruto do cerado, e se vcs tiver algum trabalho sobre este assunto gostaria de receber.
    Biologo Fabio Jr
    ate grato!

  • 11. nathalia rossetti amazonas  |  17.08.08 às 10:30

    Oi, sou estudante de engenharia de alimentos em Brasília pela Faculdades Integradas da Terra de Brasília e estou elaborando um trabalho sobre aproveitamento alimentar a partir de frutos do cerrado e escolhi este fruto, Baru, para meu estudo.Então, gostaria de entrar em contato com a associação CENESC/GO.
    Atensiosamente,
    Eng Nathalia Rossetti Amazonas.

  • 12. Pedro Gomes de Lima  |  05.01.12 às 09:12

    como compra baru em pacote?

  • 13. Pedro Gomes de Lima  |  05.01.12 às 09:18

    como comprar a castanha de baru?

  • 14. Vera Lúcia - Campo Grande MS  |  02.02.12 às 09:29

    Moro em Campo Grande-MS e uma vez por semana um senhor vende cumbaru em saquinho. Essas castanhas são torradas e o sabor é muito parecido com amendoim torrado. Depois que eu e meu esposo começamos a comer estas castanhas (3 por dia) diminuiram as dores nas pernas e no esporão (calcanhar). Este senhor havido dito que a semente ajudava nas dores. Ficamos surpresos. Valeu!!

  • 15. sebastiana peres de sousa  |  13.02.12 às 11:41

    gastaria de receber mais sobre o baru

  • 16. Pedro Martins de Oliveira  |  13.02.12 às 15:30

    sou aqui do Triangulo Mineiro, região de muito baru e pretendo fazer mudas. Mas ao quebrar o coco a castanha não vai ser agredida pela força do impacto. E o -lantio do coco é muito demorado. Por favor me ajude. Obrigado.

  • 17. Iradel  |  28.03.12 às 20:18

    Olá, sou do pontal do Triangulo Mineiro, gostaria de saber como comercializar o fruto do baru? se tem alguma empresa que compra a castaha? favor me informe por email.

  • 18. João Menezes Teixeira  |  21.04.12 às 12:57

    Olá,tenho um amigo que na sua fazenda tem muitos pés de baru,quero saber como comercializar esta castanha.

  • 19. maria jose monte  |  13.06.12 às 02:30

    GOSTARIA DE SABER TODOS OS REMEDIOS COM O COCO BARU E TAMBEM OLEO.

    OBRIGADA!!!!

  • 20. Bárbara Mesquita  |  27.07.12 às 20:07

    Olá,
    Sou professora do Senai e estamos querendo desenvolver um produto com a polpa de baru. Como faço para comprar a polpa? Sou de São Paulo e não sei se comercializam aqui.
    Obrigada.

  • 21. Mara  |  28.08.12 às 20:35

    oi, boa noite sou do interior de são paulo, gostaria de saber quem de vcs que tem acesso ao oleo de barú, uso no meu cabelo, quem poderia me enviar , me mandar via sedex, qual o valor, não se esqueçam que tem que ser pronto para usar no cabelo
    quem de vcs sabe o preparo, ou se tiver aí na sua cidade já pronto, por favor entre em contato pelo meu email mari.bat@hotmail.com, que a gente combina muito obrigada
    Até mais!!!!!!!!!!!!

  • 22. Mara  |  28.08.12 às 20:38

    oi, estou de volta vcs poderiam me informar aonde encontro oleo de barú , para o cabelo, moro no interior de São Paulo e aqui sinceramente não encontro de jeito nehum
    Obrigada

  • 23. RIVANIA ANTUNES DE OLIVEIRA  |  10.09.12 às 12:19

    Oi , tenho esse fruto na fazenda e gostaria de saber mais sobre ele, porque e muito duro para quebrar, uns falam que e para comer a polpa, que parece jatoba, e tambem a castanha. Mas que tem que ser torrada. Por favor me de o modo certo de como torrar a castanha, e no Forno ou na panela. obrigada
    Rivania

  • 24. maria aparecida m. pires  |  14.09.12 às 07:40

    Moro no interior de sao paulo na cidade de Votuporanga ,clima quente e gostaria de fazer mudas deste fruto para presentear os amigos que tem propriedades rurais ,gostaria de saber como obter sementes .aguardo retorno.Acredito que assim estaria ajudando ,no momento estou fazendo mudas de manga rosa .Obrigado.
    PS se alguem tiver interesse nas mudas de manga entrar em contato.

  • 25. geraldo sá  |  20.09.12 às 17:01

    Gostaria de comprar sementes ou mudas das arvore baru ,garapeira e pão de paca . meu cep 18271 070.
    peco orientacão. abc

  • 26. Jose S. Barbosa  |  24.10.12 às 11:08

    Prezados Senhores

    Fiquei interressado no cultivo do Cumbaru, conheco bem esta árvore e sei da dureza de seu endocarpo.
    Pergunto, onde posso encontrar um equipamento/máquina
    que possa quebrar/cortar este envólucro tão duro sem prejudicar a castanha?
    Muito Obrigado

  • 27. alcy estrella  |  05.02.13 às 22:24

    sementes de baru estou querendo

  • 28. RONALDO SIMPLICIO PEREIRA  |  20.04.13 às 11:45

    TENHO MUINTO BARU PRA VENDE , GOSTARIA DE SABER SE TEM EMPRESA DE ALIMENTOS INTEREÇADO

  • 29. RONALDO SIMPLICIO PEREIRA  |  20.04.13 às 11:46

    TENHO OTIMO PREÇO EM
    ATACADO

  • 30. Silvia  |  20.04.13 às 16:44

    Oi, gostei do site, gostaria de saber como faço para vender a castanha do Barú, qual a média de preço, e todas as questões relacionadas a comercialização, sou de MG,
    desde já obrigada!

  • 31. ronaldo simplicio pereira  |  05.05.13 às 11:43

    tenho castanha de baru para vender otimo preço, favor procura no imail , simplicio_pastor@hotmail.com

  • 32. wolmer de pinho tavares  |  27.06.13 às 23:22

    Na verdade estou interessado em adquirir umas vintemudas de baru ou na impossibilidade as sementes.Agradeço por poderem me indica

  • 33. Magno Florentino  |  01.07.13 às 22:22

    No P.A bom Jardim assentamento São José, a um grupo de mulheres que produz bolacha do Baru. E um projeto bom mais com poucas verbas de auxilio. Se o grupo divise um apoio mais especifico teria um grande resultado e um bom reconhecimento da castanha pouco reconhecida.

  • 34. Firmino dos santos  |  15.07.13 às 17:28

    muito boa a mátria, pois procuro semente desta planta para plantar no meio sitio
    me ajude doando se possível algumas sementes.

  • 35. Fabio  |  24.02.15 às 15:58

    Tenho uma distribuidora de produtos naturais em São Paulo, gostaria de saber onde comprar castanha de baru em grande quantidade.

  • 36. Luiz Loureiro  |  01.11.16 às 09:33

    Não vi nenhuma resposta aos comentários.
    Mas ainda assim, gostaria de plantar 100 pés de baru e saber se os Srs. podem me informar onde compro mudas de baru. Moro em Campo Grande MS.
    lUIZ

Deixe um Comentário

   

    (não aparecerá no site)

Acompanhe os comentários via RSS Feed

Próximo Texto:
Texto Anterior:

Loja Virtual

loja_central
Coquetéis e Lanches
casa_central
Central do Cerrado – Produtos Ecossociais. Visitas: Entrar

(61) 3327-8489

centraldocerrado@centraldocerrado.org.br